quarta-feira, 1 de maio de 2013

"Síntese" do texto "Educação? Educações: Aprender com o índio"

     A educação é parte integrante do ser humano. Está presente no cotidiano, seja "formalmente" através da academia ou com as situações diárias e com pessoas ( \õ/ ) . Não se pode fugir da educação. Cada sociedade / cultura possui seu próprio método e visão de educação, assim como sua visão de utilidade e sabedoria. O que para um sistema dito como "desenvolvido" é o auge do conhecimento, para uma civilização indígena não é importante.
     A variação de como a educação é tratada é embasada nos objetivos desejados. Seja manter a ordem, criar cidadãos e / ou seres participantes do sistema, até mesmo manipular uma organização social. Às vezes pensamos que estamos ensinando ou até mesmo absorvendo de forma autônoma, porém sofremos influências externas, visões diferentes. Teorias e práticas rondam nosso meio de atuação e as realidades presentes "semi-focam" nossa forma de abordagem. A relação educador - educando é abrangente e concisa. Lembrando que esta relação não se fecha somente no meio acadêmico.
     O mundo está se modificando diariamente, como já observado e cabe a nós procurar nos compreender ( ficou confuso? .-. ) antes mesmo de tentar passar algum conhecimento. Será que estamos abertos a novas experiências? Será que não deixamos levar pela visão egocêntrica de que apenas "eu" estou correto ( a ) ? Como futura, talvez, formadora de mentes abertas para o novo, que na nossa sociedade em questão se valoriza, devo me adequar. Aplicar em mim o método falado. Sugiro que tente fazer o mesmo, afinal, um dia serão pais e mães responsáveis pela EDUCAÇÃO de um pequeno ser. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário